Página Inicial » Pastoral na Universidade

Pastoral na Universidade

O que é Pastoral?

Pastoral Universitária é a ação evangelizadora da Igreja no âmbito acadêmico, um espaço privilegiado do diálogo da Igreja com a cultura, com o mundo acadêmico e com as perguntas existenciais de estudantes, professores e funcionários. O diálogo se estende a todos, pois a universidade é um lugar importante para as transformações da sociedade e do pensamento. A missão da Pastoral Universitária é evangelizar o mundo universitário a partir de Jesus Cristo, construindo comunidade eclesial nesse âmbito, colaborando para formar profissionais que vivam a alegria do encontro com Ele, seguindo os valores do Evangelho e os ideais do Reino de Deus, e sejam promotores de um mundo justo solidário para todos. A ação evangelizadora na Faculdade Católica de Uberlândia, em suas Unidades 1 e 2, é desenvolvida priorizando o encontro com Jesus Cristo; a renovação da Vida Comunitária; a formação Bíblico-Doutrinária; e o Compromisso Missionário. As ações pastorais são fundamentadas na Palavra de Deus e nas orientações da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Assim, o objetivo principal é concretizar essa dinâmica na Faculdade Católica de Uberlândia, favorecendo o encontro pessoal com Jesus Cristo, o seguimento de Jesus Cristo, e o compromisso com a missão. O cristianismo não é uma doutrina, mas é uma experiência de fé na Pessoa de Jesus Cristo. Aqueles que fazem tal experiência transformam os ambientes em espaços de humanização.  As ações pastorais são coordenadas, planejadas e realizadas, em comunhão com o bispo diocesano, buscando a participação de todos, a articulação com a Diocese, a Província Eclesiástica de Uberaba, e o Regional Leste 2.

Fonte:

  • VICARIATO PARA A AÇÃO EPISCOPAL. Diretrizes da Ação Evngelizadora da Arquidiocese de Belo Horizonte (2017-2020). Belo Horizonte: FUMARC Gráfica Editora, 2017.
  • CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL. O seguimento de Jesus e a ação evangelizadora no Âmbito Universitário. Doc. nº 102. 1ª ed. Brasília: CNBB, 2013.
  • FACULDADE CATÓLICA DE UBERLÂNDIA. Plano de Pastoral (2017).

Coordenação

Profa.  Dra.  Maria Maura de Morais
Contato: mmorais@pucminas.fcu.edu.br / mmdemoraisajd@gmail.com

 

VENHA PARTICIPAR

  • Terço de Nossa Senhora, toda terça-feira, às 18:30 hs.
  • Grupo de Oração Universitária (GOU), toda quarta-feira, às 20:30 hs.
  • Adoração ao Santíssimo Sacramento, toda quinta-feira, às 18:30 hs.
  • Missa, uma vez por mês.
  • Culto Ecumênico, uma vez por mês.

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

“Reconciliação: é o amor de Cristo que nos move” (2Cor 5,14-20)
“Celebração do 500o da Reforma”
Uberlândia – 28 de maio a 04 de junho de 2017

PARTICIPE!

28/5:19h00min, Abertura – Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito – ICAR. Praça Rui Barbosa, 79 – Centro

29/05:08h00min Superintendência Regional de Ensino – SER. Rua Coronel Severiano, 351A – Tabajaras

30/05:19h30min, Mosteiro Monte Alverne – Movimento Focolares.Rua do Bancário, 555 – Planalto

31/05: 18h30min, Faculdade Católica – PUC Minas Uberlândia. Rua Padre Pio, 300 – Osvaldo Rezende.

01/06:19h30min, Igreja de Nossa Senhora de Fátima – ICAR. Avenida Engenheiro Diniz, 1220 – Martins.

02/06:19h30min, Igreja São Domingos – Paróquia Divino Espírito Santo – ICAR

Rua da Enfermeira, 180 – Bairro Santo Inácio.

03/06:19h30min,  Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Grega da Diáspora

Rua Chile, 203 – Tiberi.

04/06:19h00min, Encerramento – Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil – IECLB – Rua Santa Catarina, 2240 – Marta Helena.

 

Mensagem da Pastoral

“O amor do Cristo nos impele, ao pensar que um só morreu por todos, e, portanto, todos morreram. E ele morreu por todos, a fim de que os vivos não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que morreu e ressuscitou por eles. Por isso, doravante, nós não conhecemos mais ninguém à maneira humana. Se conhecemos o Cristo à maneira humana, agora não o conhecemos mais assim. Por isso, se alguém está em Cristo, é uma nova criatura. O mundo antigo passou, eis que aí está uma realidade nova. Tudo vem de Deus, que nos reconciliou consigo pelo Cristo e nos confiou o ministério da reconciliação. Pois de qualquer forma, era Deus que em Cristo reconciliava o mundo consigo, não imputando aos homens as suas faltas, e pondo em nós a palavra de reconciliação. E é em nome do Cristo que exercemos a função de embaixadores, e, por nós, é o próprio Deus que, na realidade, vos dirige um apelo. Em nome do Cristo, nós vos suplicamos, deixai-vos reconciliar com Deus”.

2 Coríntios 5,14-20. Tradução ecumênica de Bíblia (TEB).